Menu Fechar

2/9 – São Guilherme, Bispo e Confessor

Inglês, capelão do Rei Canuto, fez com ele uma viagem à Dinamarca. Impressionado com o lastimável estado de abandono dos pagãos locais, decidiu evangelizá-los. Foi eleito Bispo de Roskilde, na Zelândia, em 1044.

Numa véspera do Ano Novo, alguns nobres, tendo-se embebedado, fizeram críticas ao Rei Sweyn Estridsen, após o que se retiraram para uma igreja para assistir às matinas. O Rei, tendo conhecimento da maledicência de que fora alvo, mandou os seus guardas ao templo matar os nobres.

Na manhã seguinte, Sweyn foi à mesma igreja assistir à missa, mas foi impedido de entrar pelo santo, que envergava os seus paramentos episcopais, e lhe ordenou: “Afastai-vos, assassino!” Os cortesãos desembaínharam imediatamente as espadas para atingir o Bispo, que lhes declarou que estava pronto a morrer em defesa da Igreja. Entretanto, o Rei retirou-se, envergonhado; mais tarde, voltou à igreja, descalço e despido das suas vestes reais, para expressar a sua profunda contrição, sendo então paternalmente recebido por São Guilherme. O rei fez penitência pública pelo seu pecado e doou algumas terras à Igreja.

São Guilherme e o Rei permaneceram bons amigos até ao fim da vida, e juntos trabalharam para promover a união política e religiosa, e a causa católica. São Guilherme foi canonizado em 21 de Janeiro de 1224, pelo Papa Honório III.


Foto: DR

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

eighteen + 14 =