Menu Fechar

7/9 – São Clodoaldo, confessor

Filho de Clodomiro, rei franco do reino de Orleães, Clodoaldo nasceu no ano 522, e tinha como irmãos Gontário e Teobaldo; o primeiro foi assassinado por seu tio Quilderico, Rei de Paris, e o segundo por Clotário, Rei de Soissons, só escapando Clodoaldo, que os franceses veneram como Saint Cloud.

Clodoaldo tinha três anos quando perdeu o pai, ficando sob a tutela de sua piedosa avó. Quando os tios invadiram Orleães e lhe assassinaram os irmãos, usurpando o reino, Clodoaldo, por especial protecção de Deus, conseguiu escapar. Cortou então o cabelo para mostrar que renunciava ao mundo e se consagrava a Deus, deixando por isso de ser um impecilho para os tios.

Clodoaldo colocou-se então sob a orientação de São Severino, que vivia numa ermida perto de Paris, e depois retirou-se para a Provença, onde levava uma vida penitente. Mas, como passou a ser muito venerado pelo povo, voltou a Paris, onde foi ordenado sacerdote.

Por essa altura, os tios, vendo que ele não tinha pretensões ao trono, deram-lhe uma pequena propriedade, onde Clodoaldo construiu uma igreja e um mosteiro, que logo se povoou de varões desejosos de viver sob a sua direcção: foi o início da cidade que ainda hoje tem o seu nome, nos arredores de Paris.

O Santo expirou no dia 7 de Setembro de 560, e o seu sepulcro tornou-se um lugar de peregrinação pelos seus muitos milagres.


Foto: Daveswagon at en.wikipedia [Public domain]

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

one × two =