Menu Fechar

29/5 – São Maximino, Confessor

Maximino nasceu em Mouterre-Silly, Poitou, França, em meados do século iii ou início do iv, e foi um dos mais destemidos defensores da fé.

Desejoso de aumentar o seu saber com sólidos estudos, foi para Tréveris, então capital das Gálias, onde se pôs sob a orientação de São Agrício, que governava a igreja local com extraordinária reputação. Nessa tão boa escola, logo se notabilizou pela solidez do seu espírito, a grandeza da sua fé, e a eminência das suas virtudes. Recebendo a ordenação sacerdotal, cumpriu com perfeição todos os deveres do seu estado, de modo que, quando Santo Agrício faleceu, em Janeiro de 332, foi escolhido para lhe suceder.

Em Tréveris, onde vivia Constante, o Imperador do Ocidente, irmão de Constâncio, São Maximino fez todos os esforços para impedir que esse príncipe sucumbisse às maquinações da heresia ariana (heresia que nega a unidade e a consubstancialidade das três pessoas da Santíssima Trindade e, por consequência, a divindade de Jesus Cristo). Também combateu valentemente pela fé ortodoxa nos Concílios de Milão, de Sárdica e de Colónia.

Indo a Poitou, sua terra natal, visitar parentes ou amigos, ou por outra razão ignorada, São Maximino veio a falecer aí por volta do ano de 349. O seu corpo foi depois transferido para Tréveris, onde era visitado por multidões, pelo grande número de curas sobrenaturais que os doentes recebiam.


Foto: GFreihalter [CC BY-SA 3.0]

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

16 + one =