All posts by admin

Consagração de Famílias ao Sagrado Coração de Jesus

 Consagração de Famílias ao Sagrado Coração de JesusPT- 0110 Cons SCJC

Acção Família inicia uma campanha de Consagração de Famílias ao Sagrado Coração de Jesus

 

Consagre a sua família ao Sagrado Coração de Jesus

A sua família é o seu tesouro. Coloque esse tesouro sob a protecção do Coração que nunca abandona os homens. Participe nesta iniciativa da Acção Família e consagre a sua família ao Sagrado Coração de Jesus.

 Esta consagração tem um grande poder e, uma vez bem compreendida, indica às almas o bom caminho, segundo o que o Divino Redentor repetiu tantas vezes a Santa Margarida Maria: “Jesus reunirá as famílias divididas, assistirá e protegerá aquelas que estiverem em alguma dificuldade”.

 Ao consagrar a sua família ao Sagrado Coração, estará a corresponder ao Seu amor por nós, que nunca decepciona os homens: “Vinde a mim, vós todos, que estais cansados e oprimidos, e Eu vos aliviarei”.

 O instrumento material desta Consagração será um lindo certificado em papel semelhante a pergaminho que será enviado aos devotos do Sagrado Coração que o solicitarem. O Certificado será expedido gratuitamente com o seu nome nele impresso. O pedido pode ser feito ao nosso Centro de Atendimento através do telefone

800 208 505  entre 9 e 13 horas  de 2a a 6a feira (ligação gratuita)

Ligue já. Não deixe passar esta oportunidade…

 

Passos a seguir para participar da

 Grande Consagração de Famílias ao Sagrado Coração de Jesus

 1.   Fale com a central de atendimento da Associação Acção Família através do telefone 800 208 505 entre 9 e 13 horas  de 2a a 6a feira (ligação gratuita) e solicite que o seu nome seja inscrito na lista da campanha. Ligue já. A inscrição é gratuita.

 2. Em poucos dias, receberá pelo correio o seu Certificado de Consagração, já com o nome da sua família impresso e outras informações sobre a campanha.

 3.    Após a consagração, envie o cupão-resposta que acompanha o certificado, com os nomes de todos os membros da sua família, vivos e falecidos, para que sejam incluídos nas intenções da Santa Missa que será celebrada por um sacerdote na primeira sexta-feira de cada mês.

4.    No final desta Santa Missa, o sacerdote renovará em seu nome a Consagração.

A sua família é o seu tesouro. Coloque esse tesouro sob a protecção do Coração que nunca abandona os homens. Participe nesta iniciativa da Acção Família e consagre a sua família ao Sagrado Coração de Jesus.

Este ACTO DE CONSAGRAÇÃO das famílias cristãs ao Sagrado Coração de Jesus, cujo texto receberá em sua casa, foi aprovado por São Pio X, em 19 de Maio de 1910, e está favorecido com três indulgências plenárias: no dia da Consagração, no aniversário da Consagração e na Festa do Sagrado Coração, 11 de Junho.

Ligue já. Não deixe passar esta oportunidade…

800 208 505  entre 9 e 13 horas  de 2a a 6a feira (ligação gratuita)

 

Acção Família

Pela defesa e vigência dos valores cristãos na sociedade

Carta aberta contra o casamento homosexual

Carta aberta

 Aos Exmos. Srs. Deputados da Assembleia da República

 

                                                                                                                                                                Lisboa, 7 de Janeiro de 2009

 Senhores(as) Deputados(as),

 Na terça-feira (dia 5), a imprensa noticiou que a maioria de esquerda se prepara para chumbar no Parlamento a proposta de um referendo sobre o “casamento” entre homossexuais.

 Esse anúncio deu-se exactamente no dia em que foi entregue ao Presidente da Assembleia da República uma petição de 90.785 subscritores, solicitando que os portugueses sejam directamente consultados a respeito de um projecto legislativo, que abala no seu cerne os princípios fundamentais sobre os quais assenta a sociedade portuguesa, em particular, no que diz respeito à instituição da Família.

 O anúncio da recusa sumária à possibilidade de um referendo é de molde a causar um choque, pela desconsideração e intransigência que revela por parte de um órgão de soberania, cuja principal preocupação, num regime que se diz democrático, deve ser a de auscultar cuidadosamente as disposições da opinião pública nacional.

Read more… →